Gazeta de Alagoas
Pesquise na Gazeta
Maceió,
Nº 0
Esportes

EM BRIGA DIRETA CONTRA O Z4, CSA VISITA O LONDRINA, NO PR

Bola rola no Estádio do Café, em Londrina, às 11h da matina, neste sábado (2), pela 16ª rodada

Por Raphael Alves | Edição do dia 02/07/2022

Matéria atualizada em 01/07/2022 às 18h32

Maceió, 20 de junho de 2021
Lance do jogo entre CSA e Londrina, partida válida pela 5ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, realizada no Estádio Rei Pelé em Maceió, Alagoas - Brasil.
Foto: Ailton Cruz
Maceió, 20 de junho de 2021 Lance do jogo entre CSA e Londrina, partida válida pela 5ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, realizada no Estádio Rei Pelé em Maceió, Alagoas - Brasil. Foto: Ailton Cruz | Ailton Cruz

O CSA viajou para encontrar o Londrina, pela 16ª rodada da Série B. As duas equipes estão em momentos diferentes na competição. A bola rola no Estádio do Café, em Londrina, às 11h da matina, neste sábado (2). O Azulão precisa da vitória para engatar a tão desejada arrancada na tabela, mas o time não desencantou até o momento.

O time marujo, no Z4, vem de derrota para o Sampaio, por 2x0. São seis partidas sem vencer na competição. O Azulão não faz jus ao que prometeu no início da Segundona, que seria brigar pelo topo da tabela, chegando junto no G4.

Já o Londrina, com mais tranquilidade, perdeu para o Grêmio, em um jogo polêmico, por 1x0, mas se encontra na 12ª colocação, o que cria mais estabilidade para a equipe, dentro de casa. O Tubarão, por sua vez, faz uma campanha “ok”, sem muitos pontos extremamente positivos, porém, a título de comparação, o clube paranaense tem o 7º ataque mais eficiente da competição, com 15 gols marcados, até o momento, e o CSA tem somente o 17º, com 9 gols assinalados.

CSA

O Azulão está com problemas por si só, desde o início da temporada. A equipe está há seis jogos sem vencer, emplacando pouquíssimo. O maior problema do Azulão está no ataque. Com muitos problemas de finalização, o time tenta, agora, encontrar um esquema tático, junto ao técnico Alberto Valentim.

A equipe ainda não venceu fora de casa e pode encontrar uma pedreira nesta partida contra o Tubarão. O Estádio do Café costumeiramente leva o time paranaense para frente. O CSA, como visitante, só emplacou 4 pontos (1 vitória e 1 empate).

O técnico Valentim não poderá contar com o zagueiro Werley e o atacante Clayton, que ainda se recupera de uma cirurgia realizada no início da temporada.

Para este jogo, um possível CSA tem: Marcelo Carné; Lucas Marques, Lucão, Wellington e Diego Renan; Geovane, Giva, Gabriel e Lourenço; Osvaldo e Rodrigo Rodrigues (Bruno Mezenga).

LONDRINA

O Tubarão recebe o Azulão com desfalques, pois não terá o volante Jhonny Lucas e nem o atacante Gabriel Santos. Então, a equipe paranaense pode optar por começar a partida com três zagueiros. O esquema foi utilizado somente uma vez, desde o início desta Série B, justamente na primeira rodada, onde a equipe não tomou gols, contra o Náutico.

O experiente técnico Adilson Batista pode também utilizar boas peças disponíveis no banco, que são o volante Marcinho e o atacante Mirandinha, com Augusto ficando no banco.

Um provável Londrina tem: Matheus Nogueira; Augusto, Saimon e Vilar; Samuel Santos, João Paulo, Mandaca, Gegê e Eltinho (Dudu); Caprini e Douglas Coutinho.

* Sob supervisão da editoria de Esportes.

Mais matérias desta edição