Maceió,
Nº 0
Fatos & Notícias

Confira os destaques da política alagoana #FN07042021

.

Por FATOS & NOTÍCIAS | Edição do dia 07/04/2021

Matéria atualizada em 06/04/2021 às 21h43

Em que pese o Estado ter flexibilizado o funcionamento de bares e restaurantes até as 16h, a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), que considerou a medida de forma positiva, quer que o governo continue avançando nas medidas adotadas e que o retorno do segmento em horário comercial seja devidamente restabelecido.

Se existem avaliações para isso, que se avance com o projeto para evitar mais demissões no setor de serviços, embora as autoridades de saúde observem como prematura a possibilidade de uma abertura indiscriminada nos próximos dias, o que poderia comprometer o programa de conter a pandemia, que continua preocupando com o número de óbitos e infecções e comprometimento do sistema de saúde.


RESTRIÇÃO

Embora o governo tenha observado um avanço considerável depois das restrições adotadas na semana passada, a orientação é de se precaver ainda mais e ficam mantidas a redução de passageiros no transporte intermunicipal, 30% de redução da capacidade das academias de ginásticas e igrejas. As lojas no Centro funcionarão das 9h às 17h, com fechamento obrigatório aos sábados, domingos e segundas-feiras. Outros segmentos também cumprem medidas restritivas, e os shoppings têm horários especiais entre as 11h e 20h, com fechamentos aos sábados, domingos e terças-feiras.


COM O GOVERNO

Para evitar desgaste com o setor produtivo, principalmente o de serviços, o prefeito JHC preferiu, apenas, seguir o decreto governamental e ajudar na fiscalização sobre as medidas impostas. Ou seja, as restrições ficam a cargo do governo de Alagoas e não caberia à prefeitura, pelo menos na visão de alguns assessores, anunciar novas sanções, o que seria apenas uma repetição das normas editadas pelo Estado.


CALAMIDADE

É impossível admitir que, em plena pandemia, um equipamento de vital importância como um tomógrafo não esteja funcionando nos hospitais públicos. É o caso dos Hospitais Metropolitano, da Mulher e do HGE, cujas denúncias repercutiram negativamente na Assembleia Legislativa, por meio do deputado Cabo Bebeto.


OUTRO FIM

Indiferente aos apelos da Assembleia Legislativa para que utilize os recursos do Fecoep para o combate à pandemia, o governo dá prioridade à construção de novos Centros Integrados de Segurança Pública. Desta vez os municípios agraciados com as obras físicas do governo foram Palmeira dos Índios e Novo Lino. Na brincadeira, o Estado vai lançar mão de nada mais nada menos do que R$ 10,4 milhões, enquanto tomógrafos, que salvam vidas, estão quebrados e sem perspectiva de que voltem logo a funcionar.


O CAMINHO É LONGO

Na contabilidade do governo do Estado, ao todo já foram construídos 27 Centros Integrados no interior, muito dos quais, segundo a própria Polícia Civil, já estão necessitando de reparos.


VIADUTO

Até o próximo sábado (10), das 8h às 17h, o túnel do viaduto da Polícia Rodoviária Federal (PRF) no sentido Centro - Satuba ficará interditado para possibilitar os serviços de instalação da iluminação definitiva no segmento. A interdição é uma medida de segurança para a prevenção de acidentes no local.


TRISTE RECORDE

O Brasil bateu a marca das quatro mil mortes diárias por Covid-19. De acordo com o balanço diário do Ministério da Saúde divulgado ontem, foram confirmados 4.195 óbitos em função da doença.


» O IBGE informou ontem que suspendeu a realização das provas dos concursos para o Censo 2021. O motivo foi o corte de verbas destinadas ao recenseamento.

» A Secretaria Municipal de Turismo, Esporte e Lazer segue garantindo o empréstimo das cadeiras anfíbias para que pessoas com deficiência ou com mobilidade reduzida possam ter acesso ao banho de mar durante os dias de semana.

» As cadeiras são adaptadas para o banho de mar e facilitam o acesso tanto na areia quanto na água. O agendamento é feito pelo telefone 99102-4596.

» A campanha Vacina Solidária, iniciada pela Prefeitura de Maceió na sexta-feira, já recebeu em apenas cinco dias 840 quilos de produtos em doações.

Mais matérias desta edição