Maceió,
Nº 0
Fatos & Notícias

Confira os destaques da política alagoana #FN24092021

.

Por FATOS & NOTÍCIAS | Edição do dia 24/09/2021

Matéria atualizada em 23/09/2021 às 22h49

A tentativa de fraude no concurso da Polícia Militar, que foi suspenso pelas autoridades, demonstra a existência de uma certa fragilidade na organização do certame, que não teve competência suficiente para evitar problemas desta natureza e que prejudicou e frustrou a esperança de milhares de alagoanos.

Ainda indefinido até quando as autoridades descubram os pormenores da tentativa de fraude, o concurso deverá ser realizado com mais segurança em data ainda não prevista, redobrando os cuidados para que fatos desta natureza não voltem a acontecer. O deputado Davi Maia (DEM) considerou que as fraudes praticadas e descobertas em tempo hábil foram frutos da ausência de organização e fiscalização do estado.

Nesse concurso participaram mais de 67 mil pessoas, disputando mil vagas para soldado e 60 vagas para aspirante a oficial.


GATO POR LEBRE

Enquanto os governadores discutem de quem é a competência para o aumento constante do combustível, Alagoas encontra meios técnicos para empurrar mais um abacaxi para a população. Criou, vejam só, um valor médio do reajuste do combustível, diferentemente dos 29% cobrados inicialmente do ICMS.


INVESTIGAÇÃO

O Ministério Público, que instaurou procedimento investigativo para saber as reais razões dos reajustes constantes dos combustíveis, deve identificar quem realmente está por trás disso tudo. Se o governo federal reduziu seus impostos, por que os derivados do petróleo sofrem constantes altas nas bombas?


SEM FISCALIZAÇÃO

Até agora alguns órgãos de fiscalização não deram o ar da graça ante as acusações de superfaturamentos em obras do Estado. Até as secretarias envolvidas no processo, como é o caso da construção dos Cisps no interior do Estado, pareceram alheio a tudo que acontece em sua volta.


VACINAÇÃO

Até agora já foram aplicados em Alagoas 3.062.095 de doses de vacinas contra a Covid. Desse total, 2.002.254 pessoas foram vacinadas com a primeira dose e 1.059.841 já foram imunizadas com a segunda dose ou dose única.


VACINAÇÃO 2

O Ministério da Saúde já enviou para Alagoas 4.248.766 doses das vacinas CoronaVac, AstraZeneca, Pfizer e Janssen, tendo distribuído 3.557.258 doses para os 102 municípios. Após nove meses do início da Campanha Estadual de Vacinação em Alagoas, 869.186 doses da CoronaVac, 1.352.718 da AstraZeneca, 785.411 da Pfizer e 54.998 da Janssen foram aplicadas.


REEDUCANDOS

Após o fim da greve dos policiais penais, a Secretaria de Estado de Ressocialização e Inclusão Social (Seris) divulgou, ontem, o calendário de entrega de feiras a reeducandos do sistema prisional alagoano. As entregas começam hoje e seguem até o próximo dia 30. As visitas também devem ser retomadas, na capital e interior do estado, no mês de outubro.


PORTAL

Os serviços do Portal do cidadão estarão suspensos das 14h de hoje até domingo (26). Segundo a Secretaria Municipal de Economia, a suspensão tem o objetivo de otimizar e garantir a segurança do Portal. A previsão é que os serviços voltem a funcionar normalmente na segunda-feira (27).


ITBI

Neste período, não será possível emitir guias do Imposto de Transmissão de Bens Imóveis (ITBI), Declaração Eletrônica do Contribuinte (DEC) e Declaração Simplificada das Instituições Financeiras (DSIF). Os demais serviços ofertados pelo Portal continuarão funcionando neste fim de semana.


» A Marinha do Brasil emitiu, ontem, um alerta para ondas de até 3,5 metros no litoral de Alagoas, que segue até este sábado (25). O boletim alerta para ressaca com ondas de até 2,5 metros, no mesmo período, também no litoral.

» Para evitar transtornos, a Marinha recomenda que embarcações de pequeno porte evitem a navegação pela região, além de informar a situação para as comunidades de pescadores.

» Em comemoração aos 31 anos do Código de Defesa do Consumidor, o Procon Maceió está disponibilizando 200 exemplares do livro a comerciantes e fornecedores do Centro de Maceió. A obrigatoriedade da posse do Código em estabelecimentos é estabelecida em lei.

Mais matérias desta edição