Gazeta de Alagoas
Pesquise na Gazeta
Maceió,
Nº 0
Mercado Alagoas

Confira os destaques da economia alagoana #MA06082020

.

Por Edivaldo Junior | Edição do dia 06/08/2020

Matéria atualizada em 05/08/2020 às 22h12

Fora de….

Os cálculos da taxa de reprodução são do Covid-19 Analytics, grupo de cientistas da PUC-RJ, que construiu um modelo de previsão de casos e mortes de Covid-19 no Brasil, que possibilita estimar números até duas semanas à frente. Até a primeira quinzena de julho, a taxa de reprodução ou de contágio em Alagoas era a segunda menor do Nordeste estava abaixo de 0,9. Estava…

...controle

Desde a reabertura de setores da economia que estavam suspensos, incluindo shoppings, igrejas e praias, que costuma provocar aglomeração, a tendência de queda se inverteu no Estado. Nessa quarta-feira (05), a taxa de transmissão do novo coronavírus em Alagoas ficou em 1,15. Agora, é a maior taxa da região e uma das maiores do País.

Ideal

A taxa de transmissão (Rt) do novo coronavírus “ideal”, segundo todos os especialistas, deve ser menor que 1, ou seja, quando infectado contamina menos de uma pessoa. Acima disso, a pandemia fica crescente. Abaixo disso, tende a diminuir.

Revertendo

Em um anúncio publicitário feito pelo governo do estado, médicos alertam para a possibilidade de ‘retrocesso’ nas medidas de retomada da economia em caso de aumento do número de novos casos e de óbitos pro Covid-19 em Alagoas. Esse momento, ao que parece, não está tão distante.

Alerta

Um estudo da Ufal aponta para um aumento na transmissão do novo coronavírus, sugerindo descontrole da situação em Alagoas. Na 31ª Semana Epidemiológica (SE), referente aos dias entre 26 de julho e 1º de agosto, foi registrado o segundo maior número de casos de infectados.

Crescimento

“Ao longo da 31ª SE tivemos um aumento de 22% no número de novos casos de infecção pelo novo coronavírus em relação ao período anterior”, destaca o boletim, indicando que a maior alta havia sido registrada na 25ª Semana Epidemiológica, no final do mês de junho.

Boi gordo

Exportações aquecidas, oferta curta de boiadas para abate e virada do mês deram força às cotações no mercado do boi gordo. Segundo levantamento da Scot Consultoria, em São Paulo, na última terça-feira (4/8), o boi comum ficou cotado em R$ 226,00/@, bruto e à vista, R$ 225,50/@, livre de Senar, também à vista, e em R$ 222,50/@, descontados os impostos (Senar e Funrural) e à vista. Houve alta de 0,4% ou R$1,00/@ na comparação feita dia a dia.

Nosso boi

Em Alagoas, o mercado também segue aquecido. De acordo como o levantamento da Scot Consultoria, a arroba foi comercializada no Estado a R$ 234,5 e R$ 237, no mercado à vista, considerando valor líquido e bruto, também tendo como referência o dia 4 de agosto.

Expoagro

A Exposição Agropecuária de Produtos e Derivados de Alagoas (Expoagro) – o maior evento do agronegócio do Estado e um dos maiores do Nordeste, será realizado este ano, apesar de todas as limitações impostas pela pandemia.

Confirmando

Em sua 70ª edição, a Expoagro será, sim, realizada, avisa a Associação dos Criadores de Alagoas (ACA). O evento ocorrerá no período de 23 de outubro a 1o de novembro, no Parque da Pecuária, em Maceió, e passará por todas as adaptações que o momento exige.

Retomando

“Alguns eventos agropecuários estão sendo retomados em todo o País e a nossa Expoagro está confirmadíssima. A exposição será realizada com todas as adequações necessárias, seguindo as determinações do protocolo sanitário de prevenção à Covid-19”, anunciou o presidente da ACA, Domício Silva.

Mais matérias desta edição