Gazeta de Alagoas
Pesquise na Gazeta
Maceió,
Nº 0
Mercado Alagoas

Confira os destaques da economia alagoana #MA08082020

.

Por Edivaldo Junior | Edição do dia 08/08/2020

Matéria atualizada em 07/08/2020 às 22h14

COM QUEM…

O DEM de Thomaz Nonô trilha três caminhos possíveis nas eleições de Maceió: Alfredo Gaspar de Mendonça (MDB), Davi Davino Filho (PP) ou JHC (PSB). A decisão, ao que se sabe, só deve sair mesmo no período das convenções, entre 31 de agosto e 16 de setembro.

...FICA MARX?

O PSD de Marx Beltrão tem hoje as mesmas opções do DEM. O partido pode até indicar candidatos a vice em uma ou duas dessas mesmas chapas (Gaspar, Davi ou JHC). Mas, ao que se sabe, o deputado e coordenador da bancada federal de Alagoas não vai demorar muito na sua decisão. A escolha, que hoje está entre os candidatos do PP e do MDB, deve sair até a próxima semana.

CONVERSA

Marx Beltrão recebeu convites para formar aliança com vários candidatos majoritários em Maceió, mas reduziu suas opções a Davi, com quem fez dobradinha em 2018, e a Gaspar, que é candidato com apoio do governo do qual ele faz parte. A decisão, avisa o deputado, sairá após “uma conversa com o governador”.

ESCOLHA

A “conversa” com Renan Filho só poderá ter um desfecho. Anote aí. O PSD fica no grupo de Gaspar.

E MAIS ESCOLHA

Já o DEM dá sinais mais evidentes de que não deve ficar com Gaspar. O partido tem a opção de indicar um candidato a vice na chapa de JHC. Seria, se depender do deputado estadual Davi Maia, único filiado à legenda em Alagoas, a pré-candidata a vereadora Gabi Ronalsa. Nonô também pode optar por Davi Filho, que também tem espaço para “conversar” sobre a vaga de vice.

EMPREGO

A chegada da época da colheita em grande parte das culturas agrícolas, a exemplo da cana, provoca um aquecimento nas contratações de mão de obra no campo. Segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgado pelo Ministério da Economia, o setor agropecuário registrou saldo positivo de 36,8 mil vagas.

NEGATIVO

O Caged informou ainda que os demais setores da economia tiveram resultados negativos para o emprego, como o de serviços, comércio e indústria em geral. A construção civil também teve desempenho favorável, com 17,2 mil novos postos.

REAJUSTE

Com uma proposta de reajuste salarial de 6%, os trabalhares rurais do corte da cana em Alagoas deram os primeiros passos para o acordo coletivo da categoria referente ao exercício 2020/2021.

GATILHO

Os trabalhadores rurais também pedem um piso garantia no valor de R$ 40. O gatilho é acionado caso o valor no novo mínimo nacional, que entrará em vigor em janeiro de 2021, seja igual ou superior a piso dos assalariados rurais.

NOVO

Reformulado com nova roupagem, o Programa do Leite foi apresentado na sexta-feira, 7, pelo secretário de Agricultura de Alagoas, João Lessa, durante solenidade realizada na Cooperativa Pindorama, localizada no município de Coruripe. A solenidade, que ocorreu no Cetrup, contou com a presença de diretores e associados da cooperativa, além de autoridades estaduais, a exemplo do deputado Marx Beltrão e do deputado estadual, Yvan Beltrão.

PAGAMENTO

O coordenador da bancada alagoana na Câmara dos Deputados, deputado Marx Beltrão, informou que os pagamentos do Programa do Leite deverão ser retomados na próxima semana. A expectativa é que a entrega do leite, suspensa desde meados de junho, seja retomada assim que os pagamentos dos atrasos forem feitos.

LIVE

O presidente da Associação dos Plantadores de Cana do Estado de Alagoas (Asplana), Edgar Filho, participou, na tarde da sexta-feira, 7, de uma live com a ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, e com o governador do Estado, Renan Filho. Na pauta da reunião virtual, a importância das realizações sustentáveis para o setor sucroenergético em Alagoas.

Mais matérias desta edição