Gazeta de Alagoas
Pesquise na Gazeta
Maceió,
Nº 0
Mercado Alagoas

Confira os destaques da economia alagoana #MA18012022

.

Por Edivaldo Junior | Edição do dia 18/01/2022

Matéria atualizada em 17/01/2022 às 22h12

Nos bairros

O projeto Sebrae nos Bairros vai voltar às ruas, a partir de fevereiro, dando início à agenda de atividades para 2022. O primeiro bairro a receber a equipe de analistas da Instituição - com o objetivo de orientar e capacitar os empreendedores - será Guaxuma, no litoral norte de Maceió. Nos dias 01 e 02 de fevereiro, a partir das 8h, serão dadas orientações para atendimento ao cliente na sede da Associação dos Moradores do Conjunto Elias Pontes Bonfim.


Programe-se

Além de Guaxuma, também há ações previstas para os bairros do Benedito Bentes, Cruz das Almas, Prado, Chã da Jaqueira, Jardim Petrópolis, Garça Torta, Osman Loureiro, Vergel do Lago, Cidade Universitária, Jacintinho, Farol, Pajuçara, Ponta Grossa, Serraria, Clima Bom, Pescaria, Santa Amélia, Graciliano Ramos e Feitosa.


Tem mais

Dentre os serviços oferecidos aos empreendedores estão cursos e palestras sobre marketing e vendas, Instagram para negócios, formação do preço de venda, atendimento ao cliente e como planejar o próprio negócio. A carga horária de cada atividade varia de 2 a 4 horas. O Sebrae Alagoas espera atender, em média, 3 mil pessoas nas capacitações, numa parceria com a Famecal. As atividades seguem até o mês de agosto.


Capacitando

“Estamos com 28 instituições, entre associação, institutos e ONGS de bairros, que receberão nossas capacitações a partir de fevereiro. Serão sete capacitações realizadas mensalmente nos bairros, com a ajuda dessas instituições”, explica a analista da Unidade de Relacionamento Empresarial do Sebrae Alagoas, Cíntia Silver.


Inflação

As instituições financeiras ouvidas pelo Banco Central (BC) na pesquisa Focus elevaram de 5,03% para 5,09% a previsão para a inflação medida pelo IPCA para 2022. A meta para a inflação no período é de 3,50%. A previsão de inflação nos preços administrados – que são controlados por contrato ou pelo poder público – diminuiu de 3,97% para 3,95%, enquanto a projeção para a inflação medida pelo Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M) manteve-se em 4,00%.


Agronegócio

A balança comercial do agronegócio brasileiro fechou o ano de 2021 com saldo positivo de US$ 105,1 bilhões, 19,8% acima do verificado em 2020, impulsionada pela alta dos preços internacionais das commodities. Os dados sobre o comércio exterior do agronegócio brasileiro foram apresentados pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) nessa segunda-feira (17).


Diferencial...

A Sefaz-AL comunica que, em virtude do julgamento do Recurso Extraordinário (RE) nº 1287019/DF, foi declarada a inconstitucionalidade da cobrança do Diferencial de Alíquota (Difal) devido ao Estado de Alagoas. Isso acontece nas operações destinadas a consumidor final, não contribuinte do ICMS, desde a concessão da medida cautelar nos autos da ADI nº 5.464/DF, para as empresas optantes pelo Simples Nacional, e, nos demais casos, desde 1º de janeiro de 2022.


...de alíquota

Sendo assim, quando da sanção do PLP nº 32/2021, e sua conversão na Lei Complementar 190/2022, o § 4º do art. 24-A desta legislação prevê que os efeitos da cobrança do Difal só podem se dar a partir do “primeiro dia útil do terceiro mês subsequente ao da disponibilização do portal”, no sítio do Confaz. Após a disponibilização da lei complementar no portal, estabelecendo norma geral em matéria de Difal do ICMS, esclarece-se que a cobrança será realizada a partir de 1º de abril deste ano, conforme previsto.


Habitação

As inscrições para a 2ª edição do Fórum de Habitação Social da Ufal continuam abertas até 20 de janeiro e são gratuitas. O evento é uma realização do curso de Arquitetura e Urbanismo do Campus Arapiraca e tem como tema “Resistência Urbana: em busca de moradia digna”. Para realizar sua inscrição, acesse https://ufal.br/ufal/noticias/2022/1/campus-arapiraca-sedia-2a-edicao-do-forum-de-habitacao-social


Quem vai

A programação desta edição conta com a segunda participação seguida da professora Erminia Maricato e, pela primeira vez, a participação do professor Nabil Bonduki, ambos referências internacionais sobre o tema da habitação.

Mais matérias desta edição