Gazeta de Alagoas
Pesquise na Gazeta
Maceió,
Nº 0
Política

DEPUTADOS ESTADUAIS ENTRAM EM RECESSO E PARTEM PARA A CAMPANHA ELEITORAL ASCOM ALE Deputados participaram ontem da última sessão ordinária do primeiro semestre THIAGO GOMES REPÓRTER A Assembleia Legislativa de Alagoas (ALE) entrou em recesso nesta quinta-feira (30) e só retorna às atividades a partir de 1º de agosto, em pleno momento de definição das candidaturas. Os deputados estaduais vão aproveitar o período para montar a estrutura de campanha, seja para reeleição ou para reforçar as bases em

A Assembleia Legislativa de Alagoas (ALE) entrou em recesso nesta quinta-feira (30) e só retorna às atividades a partir de 1º de agosto, em pleno momento de definição das candidaturas. Os deputados estaduais vão aproveitar o período para montar a estrutur

Por thiago gomes | Edição do dia 01/07/2022

Matéria atualizada em 30/06/2022 às 22h14

|

A Assembleia Legislativa de Alagoas (ALE) entrou em recesso nesta quinta-feira (30) e só retorna às atividades a partir de 1º de agosto, em pleno momento de definição das candidaturas. Os deputados estaduais vão aproveitar o período para montar a estrutura de campanha, seja para reeleição ou para reforçar as bases em busca de novas missões políticas. Na última sessão ordinária do primeiro semestre, nesta manhã, 13 parlamentares comparecerem, mas o número é insuficiente para deliberar sobre projetos que constavam na ordem do dia. Como não havia matérias para discussão, restou ao presidente da Mesa Diretora, deputado Marcelo Victor (MDB), encerrar os trabalhos mais cedo. Só os deputados Lobão (MDB), Ângela Garrote (Progressistas) e Antonio Albuquerque (Republicanos) fizeram uso da palavra em explicações pessoais, que é o momento da sessão em que os parlamentares podem fazer uso da tribuna para se posicionar sobre assuntos diversos. Lobão pediu aos colegas a aprovação de projetos de sua autoria. Os demais repercutiram agressão contra um adolescente durante festejos juninos no município de Igaci, atribuída a integrantes das forças de segurança. Membros da oposição ao governo do Estado não estavam presentes. No Diário Oficial Eletrônico da ALE constava a pauta da sessão do dia, que não foi votada. Na lista, destaque para votação em primeiro e em segundo turno de projetos que concedem comendas, considera a utilidade pública de entidades e um que dá tratamento igualitário aos servidores públicos quanto à aplicação do sistema de remuneração da Polícia Penal do Estado de Alagoas. A análise destas matérias foi empurrada para agosto. Pelo calendário divulgado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a partir do dia 20 de julho – até 5 de agosto – fica aberto o período para a realização das convenções partidárias, que oficializam os candidatos e as eventuais coligações. Legendas, federações e coligações terão até 15 de agosto para solicitar o registro de candidatura dos escolhidos. Os pedidos serão julgados pelos integrantes do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de Alagoas. A maioria dos deputados estaduais caminha para disputar a reeleição. Alguns figuram como pré-candidatos a cargos majoritários e outros não devem encarar as urnas este ano, mas serão substituídos por outros membros da família. Como se trata de um ano eleitoral e os integrantes do Legislativo vão se envolver na campanha, as sessões na Casa de Tavares Bastos ficarão escassas no segundo semestre. A regulamentação dos trabalhos em plenário consta no Regimento Interno do Legislativo. As sessões podem ficar resumidas a apenas uma por semana, e com quórum bastante reduzido.

Mais matérias desta edição